Conto erótico: Uma tarde com a BBW mais gostosa de SP!

Demorei muito tempo para finalmente conhecer essa mulher maravilhosa. Já acompanho ela a tempos e tempos, sei praticamente toda sua história e trajetória como GP. Acompanhei o tempo em que ela viveu em SP, voltou para sua cidade em Tocantins e novamente essa temporada em São Paulo.

Ela foi uma das pioneiras em inovar o meio do sexo, criando o sexo fone e posteriormente os chats eróticos, vídeo chamadas e venda de pacotes de fotos/vídeos. Isso começou bem antes mesmo do Whatsapp existir.

Então nessa temporada em São Paulo fui conhecê-la. Confesso que inicialmente o encanto que sentia por ela me fez deixar de lado qualquer pensamento sexual, queria mesmo era conhecer essa mulher que tanto admiro, pelo seu jeito, sua beleza e sua atenção com seus “namoradinhos” como ela mesmo os denomina.

Marquei no seu flat, uma quarta-feira de tarde agradável em São Paulo. Ela abriu a porta e eu congelei, estático e com um presente nas mãos. Ela me beijou e como mágica me trouxe a realidade novamente. Entramos, sentamos e começando a conversar ela abriu o presente. Uma seleção de vários chocolates e doces dos que ela mais gosta.

Conversamos bastante, seu flat muito aconchegante e ela… que mulher! Fiquei sem reação, até que ela chegou mais perto, passou a mão na minha coxa e olhando nos meus olhos entendi perfeitamente o que queria(mos).

Ela estava vestida com uma calça legging apertada (meu ponto fraco), salto alto e uma blusinha super coladinha, ressaltando o mulherão que ela é.

Ela me beijo e então me entreguei a todo esse desejo, essa vontade que a anos tenho por essa mulher. Ela se deitou e pude beijar seus pés, chupar seu dedão e subi por suas pernas, cheirando e respirando fundo em suas pernas e coxas escondidas naquela legging. Continuei subindo, passando pelos seus seios que já estavam para fora da blusinha. Subi mais, brinquei em seu pescoço e logo cheguei a sua boca. A beijei vorazmente, tocando seus seios e sentindo ela baixar a calça. Nada poderia ser mais convidativo. Atendi ao seu pedido (seria uma ordem), desci e comecei a beijá-la pela virilha, sentindo suas coxas e colocando de lado sua calcinha para então saborear aquela buceta que já estava melada.

Fiquei alí por longos minutos, até me despir e ela pedir para me chupar. Instantaneamente me deitei, ela ficou de quatro e com aquela boca deliciosa passou a me chupar, babando, sugando, lambendo, engolindo. Do jeito que sempre sonhei, aquela boca de veludo envolvendo meu pau, me sentindo.

Difícil aguentar por muito tempo, precisava sair dalí para não gozar todo meu tesão nesses primeiros minutos com ela. Ela ainda de quatro se virou, aproveitei para lamber aquela bunda todinha, da buceta molhada até seu cuzinho (que tentação). Me posicionei e enfiei meu pau na sua buceta, melada, quente, gostosa. Meti com vontade, alternando alguns tapas naquela bunda deliciosa. Ela gemia alto, sentindo o mesmo tesão que eu.

Me curvei e investi novas lambidas naquele cuzinho. Me lembrando das conversas que tivemos pelo Whatsapp sobre o quanto ela gosta de dar o cuzinho. Olha o que ela me disse uma vez:

Maldade pura vinda de uma mulher dessa!

E foi então que ela falou: Come ele amor!

PQP. Aquilo foi como uma injeção de tesão. Senti meu pau latejar querendo comer aquele cuzinho. Deixei ele bem babado, enfiei um dedo e então encostei a cabeça do meu pau e vagarosamente forcei até ele entrar completamente. Que sensação incrível, alí mesmo já era possível explodir todo o ecstasy do nosso sexo, mas me segurei e então a comi com vontade, com pressão entrando e saindo do seu cuzinho, sentindo ele apertar forte meu pau.

Ela empinou ainda mais a bunda, gemendo como uma cachorra safada, foi inevitável.. gozamos juntos e eu enchi seu cuzinho com minha porra – pena que foi dentro da camisinha 🙁

Nos deitamos e o tesão ainda fluia em nossas veias… ela brincando com a bucetinha melada me fez entende seu outro pedido. Me recuperei lambendo sua buceta, me lambuzando no seu gozo. Enfiei meu pau, bombei deliciosamente e ela com as pernas para o alto eu gozei novamente, dessa vez lambuzando toda sua buceta, fora, dentro, tudo!

Finalizei com nosso desejo, me debruçando e lambendo nossos dois gozos juntos, chupando sua buceta cheia da minha porra e assim a senti gozar novamente.

Nossa tarde virou noite, aproveitamos para jantar juntos e a despedida foi dolorosa demais.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Skype Tumblr Instagram Comprar Fotos/Vídeos Twitter Chat Erótico YouTube Snapchat Facebook
Fale comigo!
%d blogueiros gostam disto: